/>
1 Em Cusco/ Peru

Inti Raymi, Festa do Sol: a mais famosa festa de Cusco

Inti Raymi em Cusco no Peru.
Inti Raymi em Cusco no Peru.

O “rei Inca” entrando na Plaza de Armas, em Cusco, durante o Inti Raymi.
Foto: Rainbowasi (CC BY-SA 2.0)

Hoje, em Cusco, se celebra a maior e mais importante festa da cidade e um dos mais famosos festejos do país: o Inti Raymi, a Festa do Sol.

A festa, na época dos incas, era o equivalente ao nosso ano novo, pois celebrava o fim do ano agrícola anterior, entre os meses de maio e junho, e o início de um novo ano agrícola (o ciclo invernal), em julho. A última semana de junho, então, era uma transição, que merecia ser comemorada. Reverenciar, dar oferendas e realizar sacrifícios ao Deus Sol eram práticas comuns para a civilização inca, que se consideravam filhos naturais do Sol. A ele dedicavam sua existência e de tudo que os rodeavam.

A Festa do Sol foi criada a mais de 6 séculos e, desde 1944, os cusquenhos seguem representando o Inti Raymi anualmente, em uma celebração assistida por milhares de turistas, com a participação emocionada e efetiva dos moradores cusquenhos. O dia é tão importante para a cidade, que a data foi intitulada civilmente como “Dia de Cusco” e há celebrações de junho a primeira semana de agosto.

Inti Raymi em Cusco no Peru

O povo cusquenho se envolve de corpo e alma nas celebrações do Inti Raymi, a Festa do Sol.

Cusco muda na semana do Inti Raymi. Tudo gira em torno das comemorações, então aconselho visitar a cidade nesta época somente se realmente quer conhecer e aproveitar a festa, já que muitos pontos turísticos ficam comprometidos (ou lotados) na época. Também é bom programar a ida a Macchu Picchu com mais antecedência que o normal para não correr o risco de ficar sem transporte pelo aumento do fluxo.

Como é a celebração do Inti Raymi?

A programação de toda a festa em Cusco é divulgado anualmente, mas a celebração principal, dia 24, costuma seguir ano a ano o mesmo programa.
As encenações começam às 9 horas, em Oorikancha, principal templo construído pelos incas em homenagem ao Deus Sol. Lá o “rei Inca” invoca o Deus Sol. Duram aproximadamente meia hora e a entrada é gratuita. É importante que chegue cedo para conseguir uma boa visualização.

Inti Raymi em Cusco no Peru

O cortejo pelas ruas de Cusco, durante o Inti Raymi.
Foto: Jack_g (CC BY-SA 2.0)

As 11 horas, as encenações acontecem na Plaza de Armas, no centro de Cusco. A praça torna-se um grande palco e centenas de cusquenhos representam com impressionante caracterização, a entrada do povo inca na cidade. São 45 minutos de um lindo cortejo que para a cidade. Este evento também é gratuito.

Inti Raymi em Cusco no Peru

A celebração do Inti Raymi tem seu ápice em Saqsaywaman.
Foto: Jack-g ( CC BY-SA 2.0)

O ápice da celebração acontece em Saqsaywaman, centro arqueológico imperdível na região. O povo espera o cortejo do “rei Inca” entrar nas ruínas junto com todos os povos subjugados a ele. Já no local, o “rei Inca” “sacrifica” uma alpaca e invoca novamente seu pai, o Sol.
As encenações lá começam às 13h e duram uma hora e meia. Os visitantes tem a opção de comprar o ingresso e assistir ao espetáculo em um dos 4mil assentos disponíveis ou assistir gratuitamente em um morro próximo, com a visão um pouco prejudicada, claro.
Para comprar os ingressos para a encenação principal, você pode contatar as agencias de turismo local ou diretamente no site da Emufec.

Inti Raymi, em Cusco no Peru

O mapa da encenação em Saqsaywaman.
Foto: site do Emufec

Talvez você também goste

1 Comentário

  • Reply
    Denise
    06/07/2015 at 11:55

    Lindo!

  • Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!