/>
5 Em Cultura/ Informações básicas sobre o Peru/ Peru

Feriados no Peru

Quem não ama um feriado?! Eles são como um sopro de ar fresco no verão, principalmente se caem às segundas-feiras, como o próximo feriado daqui. Não temos nenhuma programação especial pra esse dia, mas só de pensar que será segunda, o marido vai ficar em casa e podemos deixar todas as obrigações da rotina pro dia seguinte, é um alívio mental.
Entretanto a desvantagem dos feriados é que nem sempre encontramos todo o comércio aberto e inclusive alguns serviços turísticos também ficam restringidos. O Peru é um país que sobrevive do turismo e dificilmente os feriados afetam esse setor, mas existem as suas exceções. Assim sendo, não custa nada colocar aqui pra vocês o calendário dos feriados nacionais e o que pode ser alterado por eles.

Inspiração pra qualquer feriado...

Inspiração pra qualquer feriado…

Semana Santa
A semana santa aqui é celebrada da mesma maneira que no Brasil. A diferença é que, além de sexta-feira santa, sábado de aleluia e domingo de páscoa, aqui temos também como dia santo (e de descanso) a quinta-feira. Vale lembrar que nesta semana os passeios à Catedral de Lima estão restringidos e, devido as celebrações, o centro histórico fica mais cheio que o normal.

01 de maio: Dia do Trabalho
A data é exatamente a mesma do Brasil, mas vale citar porque alguns restaurantes aqui em Lima, como o Pescados Capitales, nunca abrem neste dia. Em geral, comércio e serviços turísticos funcionam normalmente mas, se quiser ir a um lugar especifico, e caso tenha somente este dia para isso, recomendo confirmar via internet ou telefone se o mesmo estará aberto.

29 de junho: San Pedro y San Pablo
O Peru se auto declara uma nação católica, então os feriados religiosos do catolicismo são vários e muito respeitados por aqui. Na próxima segunda se comemora o dia de São Pedro e São Paulo. É feriado nacional, e é usado também para homenagear José Olaya, pescador peruano que morreu como mártir durante o período colonial. Em Chorrillos, um bairro que fica à beira mar, há uma procissão grande neste dia, mas em geral o comércio e os pontos turísticos estão abertos normalmente.

fiestas patrias, lima, bandeira lima

28 e 29 de julho: Fiestas Pátrias
Sem a menor dúvida, o feriado mais importante aqui do Peru, onde é celebrada a independência do país. Durante o mês de julho tudo fica branco e vermelho (cores nacionais), as pessoas desejam “Feliz 28” por aí e o país literalmente pára durante esse feriado. Essa é, provavelmente, a data onde você corre mais risco de encontrar lugares fechados na cidade de Lima – desde restaurantes até museus, podem interromper ou restringir seus serviços nesses dois dias. Já Cusco e Machu Picchu têm um movimento grande de turistas nacionais, então se a sua intenção é viajar para lá nesse período, o risco é de encontrar a cidade e os hotéis lotados. Como a data inclui desfiles cívicos e folclóricos, saiba que no centro da cidade e em Miraflores você verá verdadeiras arquibancadas para o público admirar os desfiles. Principalmente no dia 29 – desfiles das forças armadas em frente ao Palácio do Governo – o acesso ao Centro Histórico de Lima para visitação fica bastante comprometido. A data mobiliza tanto o país que nesse mês os trabalhadores ganham um 13° salário e o governo incentiva o turismo nacional de forma ferrenha. Já falamos um pouco sobre essa celebração aqui.

30 de agosto: Santa Rosa de Lima
Santa Rosa de Lima é a primeira santa das Américas, padroeira do Peru, de Lima, e de algumas outras cidades e instituições. Seu dia é comemorado como feriado nacional, entretanto, a maior festa em sua homenagem é feita na cidade de Chinquián (região de Ancash). Nesse feriado o turista consegue frequentar todos os locais da cidade normalmente.

18 e 19 de Outubro: Señor de los Milagros
O mês de outubro todo é dedicado ao Señor de los Milagros, uma das festas religiosas mais lindas do Peru. Embora não seja feriado, é um evento que mobiliza grande parte da população, então não pode deixar de ser citado. Señor de los Milagros é o nome dado a uma imagem de Jesus Cristo crucificado que foi pintada numa parede de barro dentro de uma comunidade de escravos no séc XVII. Conta-se que a imagem sobreviveu intacta a vários terremotos que destruíram tudo a sua volta. A ela também são atribuídos alguns milagres de cura e redenção. Após alguns anos, foi confeccionada uma cópia da imagem em tinta óleo e hoje ela circula entre os peregrinos durante as procissões de outubro e na Semana Santa. Durante todo o mês, alguns fiéis usam uma túnica roxa, que é a cor que os representa, como sinal da sua devoção. As regiões de cercado de Lima e Callao pode sofrer mudanças no trânsito em dias de procissão, fique atento a isso caso esteja por ali.

Procissão Señor de Los Milagros com a imagem ao fundo

Procissão Señor de Los Milagros com a imagem ao fundo

08 de outubro: Celebração do Combate de Angamos
O combate naval aonde foi morto o Almirante Miguel Grau é até hoje celebrado pelos peruanos pela valentia de seus combatentes. Mesmo em desvantagem em relação à frota chilena, os peruanos lutaram em defesa de seus país. Diversas homenagens são feitas todos os anos, principalmente ao heróico almirante. Contudo, as comemorações não interferem na rotina da cidade.

01 de novembro: Día de todos los Santos
Aqui não homenageiam o dia de finados como aí no Brasil, mas sim o dia 01 de novembro, Dia de Todos os Santos. A celebração é mais ou menos a mesma, o que muda mesmo é só a data. Em geral, comércio e turismo com funcionamento normal.

08 de dezembro: Día de La Inmaculada Concepción
Feriado católico, mas sem grandes interferências na agenda turística da cidade.

25 de dezembro e 01 de janeiro: Natal e Ano Novo
Tal qual no Brasil, as duas datas são as principais em termos de restrição de comércio e turismo. Alguns museus abrem somente meio período, outros nem isso. Restaurantes renomados, como o Central, normalmente descansam todo esse período que antecede ao natal até depois o Ano Novo. Se quiser passar as festas por aqui, programe seu roteiro direitinho pra não se decepcionar depois. 😉

Talvez você também goste

5 Comentário

  • Reply
    Mariah
    26/06/2015 at 21:55

    Boa noite! Eu vi em um outro post com informações básicas para os turistas brasileiros, eu gostaria de saber se as empresas de táxi com aplicativo só atuam em Lima? e se não, se você’s poderiam indicar alguma empresa que atuam em Cusco. Eu to embarcando na semana que vem e agora pesquisando sobre os últimos detalhes eu achei por acaso o seu blog.Obrigada e Parabéns pelas informações, abraços!

    • Reply
      Manu Tessinari
      30/06/2015 at 22:29

      Oi Mariah!

      Não conheço nenhuma que atua em Cusco não, mas o centro de Cusco é mínimo, você não vai precisar de taxi pra nada! Para os passeios, vc agenda no próprio hotel. Se quiser taxi também, é so pedir na recepção e eles chamam pra você. Acho que isto resolve…

      Abraços e boa viagem,

      Manu

  • Reply
    Ana
    26/06/2015 at 20:50

    Oi Manú, desculpa, meu comentário não tem nada a ver com o tema do post… É que segui sua dica e tentei na La Despensa, mas não estava funcionando… Sabe se fecharam de vez ou apenas mudaram de endereço? Tem dicas de outras lojas criativas daqui? Obrigada!

    • Reply
      Manu Tessinari
      26/06/2015 at 21:01

      Oi Ana, tudo bem?

      Mil perdões, eu deveria ter apagado este post, já que eles fecharam mesmo. Vou pensar nas lojas criativas e quem sabe não sai um post? Mas de antemão digo que Barranco é o lugar pra encontrar coisas diferentes…

      abraços,
      Manu

      • Reply
        Ana
        27/06/2015 at 11:49

        Não tem problema:) pena eles terem fechado… Vou ficar aguardando o post sobre lojas criativas!
        Abs

        Ana

    Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!