/>
2 Em Informações básicas sobre o Peru/ Lima/ Passeios/ Peru

Como se locomover em Lima

Muita gente nos escreve ao planejar a viagem ao Peru e, dentre os vários questionamentos, um tema recorrente – e complicado – é como se locomover em Lima. Perguntas que vão desde as formas mais fáceis de deslocamento e funcionamento do transporte público, até a proximidade das atrações turísticas e, a nossa maior não recomendação da cidade, o aluguel de carros.

Atualmente, cada vez mais pessoas viajam de forma independente e, consequentemente, não irão depender de serviços como transfers* e pacotes de passeios fechados por agências. Assim sendo, é importante que ao programar sua viagem, você esteja ciente de como poderá ir e vir por aqui.

Foto: Pedro Peres

Trânsito Limenho
Já falamos inúmeras vezes nas redes sociais (segue a gente no Instagram e no Facebook!) e no blog (aqui, aqui e aqui) sobre o caos total do trânsito limenho, mas não custa reforçar. É uma loucura! Pode ser que não te assuste, pois você já foi preparado por nós, mas, ao menos um sustinho com uma fechada inesperada, você terá.
Lima é a maior cidade do Peru, com quase 8 milhões de habitantes e uma extensão maior que a da cidade do Rio de Janeiro, só por aí já dá pra concluir que o trânsito por aqui não será de carroças e, muito menos, que você irá passear por tudo somente caminhando.
Dirigir e andar de carro aqui é uma aventura, porém, um mal necessário. O transporte público, falho em toda cidade, torna a locomoção por carro inevitável, especialmente se você está turistando e tem interesse em conhecer os principais pontos da cidade.

Transporte público
Em Lima não existe metrô (ainda! A obra já começou pelo menos), existe um trem elétrico cuja linha está incompleta e é pouquíssimo funcional. Já a linha de ônibus BRT faz o trecho praia – centro e é ótima, explicamos como usá-la nesse post aqui. Para explorar os pontos turísticos da cidade esse ônibus é super funcional, porém, é uma linha bastante procurada, já que é praticamente a única do tipo na cidade. Se puder evitar os horários de pico (entre 7h-9h e 17h-20h) terá uma viagem mais tranquila num ônibus menos cheio.
A maioria das pessoas se locomovem aqui usando os ‘micros’, que são vans que circulam por toda cidade e cobram a módica quantia de S/. 1,00 por pessoa, mas que, exigem bastante domínio dos caminhos para entender seu funcionamento. Assim como o serviço de táxi, o serviço de micros muitas vezes funciona sem registro e sem fiscalização. É comum que os destinos descritos em seu itinerário sejam diferente da realidade e, se você não souber exatamente para onde vai e o micro que tem que subir, pode acabar perdido por aí. É uma alternativa bastante barata, embora mais arriscada para o turista, mas nada que não seja resolvido pedindo a alguém do hotel que te oriente a respeito de qual micro te leva de onde estiver ao destino buscado.

Foto: Pedro Peres

Táxis
A Manu tem um post ótimo sobre como andar de táxi em Lima porém, pasmem, ele foi escrito em 2012 e ‘nessa época’ (oh, lord!) ainda não funcionavam na cidade os aplicativos de táxi. Então, algumas novas considerações precisam de ser feitas.

  • Os aplicativos que funcionam aqui e existem no Brasil são: UBER, Taxi Beat e Easy Taxi. Você pode pagar pelo cartão de crédito ou em dinheiro, tal qual no Brasil, a diferença está em como o preço é determinado.
  • Aqui os táxis não têm taxímetro, então, ao solicitar um carro, o aplicativo irá te dar um preço sugerido e, no final da corrida, o aplicativo do taxista irá dar o valor total da corrida, e ele fará a cobrança. Em geral, os dois valores não destoam, variando no máximo, S/. 1,00 ou S/. 2,00.
  • Existem muitos táxis ilegais, então recomendamos sempre usar táxis de empresas conhecidas como Táxi Green e Satelital ou pedir pelos aplicativos. Porém, se você decidir tomar um táxi direto na rua, o valor da corrida tem de sempre ser negociado antes de entrar no carro, já que os táxis não possuem taxímetro.
  • Vale lembrar que os valores são SEMPRE em Soles, NUNCA em Dólar! Se o taxista te falar: “-10.”, você confirma “- 10 soles, no?”, para deixar claro a moeda em que irá pagar.

Aluguel de Carro
Gente, é sério, os serviços de aluguel de carro aqui não são ruins, muito pelo contrário! Preços bons e carros de qualidade. O ruim mesmo é dirigir por aqui! Porque não é apenas um trânsito intenso como o de São Paulo, é um trânsito aonde pedestres e motoristas desrespeitam as leis todo o tempo, um ritmo próprio é impresso e coisas que parecem ilegais aos nossos olhos são rotina e, honestamente, essenciais para você conseguir sair do lugar por aqui.
E você estará de férias! Não merece esse tipo de estresse. Por isso, nossa recomendação é não alugar carro DE JEITO NENHUM, por aqui. 🙂

Foto: Pedro Peres

Bicicleta
Eu não ando de bicicleta, tenho medo. (Sim, eu aprendi. Não, nunca gostei. Moto? Pior ainda!)
Porém, tenho muitas amigas – a Manu é uma delas! – que andam de bike por toda cidade. Barranco, Miraflores e San Isidro possuem ciclovias mas, em geral, é bastante comum ver as pessoas de bicicleta andando pelas ruas mesmo ou nas calçadas. Diversos estabelecimentos comerciais oferecem espaços para estacionamento de bicicletas e, cada dia mais, esse veículo tem se tornado comum por aqui. O fato é que, existem empresas especializadas em turismo ciclístico na cidade, onde você aluga a sua bicicleta e escolhe os tours que quer fazer, podendo ou não ser acompanhado de um guia! A idéia é bem legal e, se sua vibe é essa, acredito que valha o investimento.
Algumas empresas bem cotadas para esse serviço são a Green Bike, Lima Bici e Lima Bike Rental & Tours.

Agora, escolha seus programas e aproveite! 😉

 

*. Em Lima. Já em Cusco e outros destinos nacionais, os serviços de agencias são bem úteis e muito buscados.

Talvez você também goste

2 Comentário

  • Reply
    Mariana Sartori
    16/04/2017 at 11:19

    Queria saber qual o número ou identificação da linha do BRT que vai da praia ao centro…

    • Reply
      Manu Tessinari
      16/04/2017 at 11:45

      Oi Mariana,

      A rota do BRT é reta. Você só escolhe a direção centro ou praia, não há errada. Se quiser detalhes de todas as paradas, nomes, preços, entra no site do Metropolitado. ABs.
      http://www.metropolitano.com.pe

    Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!