/>
0 Em Gastronomia/ Lima/ Peru

Tazza Café, meu novo queridinho em Lima.

Tazza Café em Lima

Uma combinação de cafés, culturas e objetivo de vida. Assim eu resumiria a história do Tazza Café, que funciona desde novembro passado em San Isidro. Maria, dona e idealizadora, estudou arquitetura em San Francisco, conheceu seu noivo mezzo italiano mezzo holandês em meio a projetos bancários e decidiu que queria mais qualidade de vida, junto com um bom café, claro. Entrou no curso de barista da renomada escola Le Cordon Bleu e passou um ano gestando o projeto de sua vida. Nascia o Tazza Café.

Tazza Café em Lima

Maria, uma das proprietárias, está sempre no café disposta a uma boa conversa.

Começando pelo café. Os donos importaram todo o maquinário para produzir o clássico café italiano e foram buscar, nas regiões peruanas de Junín e Valle Villa Rica, os melhores grãos. De Junín veio o grão menor e mais concentrado, ideal para expressos. De Villa Rica veio o grão mais balanceado, fresco, usado para as bebidas em que o café é misturado com outros elementos. Os dois cafés são orgânicos e muito famosos internacionalmente. Por exemplo, a Le Pain Quotidien, bem conhecida pelos brasileiros, usa o mesmo grão (Villa Rica) em todas suas lojas no mundo.

Tazza Café em Lima

Grãos moídos na hora, maquinas italianas e o expresso.

Eu provei um capuchino que estava realmente muito bem feito. Ele era adocicado, no ponto ideal de quente. Não precisei adicionar nada. O Daniel, um leitor querido e frequentador assíduo do local, revelou que é o melhor expresso de Lima e indica também experimentar o Affogato, que é expresso com sorvete de baunilha. 🙂

Tazza Café em Lima

Meu capuchino.

Depois de escolher seu café entre as onze opções do menu, o desafio será escolher o que comer. O Tazza oferece uma carta de lanchinhos típicos como croissants e comidinhas leves e naturebas e especialmente gostosas. Eu comi um hambúrguer de quinoa com germinados e abacate D-E-L-I-C-I-O-S-O. E olha que eu nem sou fã de abacate… Na hora do almoço, eles oferecem um menu executivo que inclui saladas ou sanduiches, com uma bebida e uma sobremesa (que pode ser um café, claro). Uma ótima opção para quem trabalha na região do Parque Combate de Abtao ou, passeando pela cidade, está em um dia de compras por Sagafalabella e região, acho uma ótima opção.

Tazza Café em Lima

Comidinhas naturais, como o hambúrguer de quinoa e lanches clássicos como as empanadas.

Tazza Café em Lima

Os cookies são todos feitos no local e o Smothie de manga delicioso que comi.

Eu comi ainda (e nem eram 10 da manhã, por favor não me julguem) o smoothie Tazza, que tinha rodelas de banana com mel, granola, e iogurte batido com manga. Uma loucura de bom! E, encerrando minha gula, tomei um chá relaxante (sou louca por chás!) que também vale muito a pena. Eles oferecem 2 tipos de chá (infusão): o relaxante e o digestivo. O mais lindo é que são feitos artesanalmente, por uma senhorinha em Cusco, e chega a demorar 60 dias para estarem prontos.

Tazza Café em Lima

O chá relaxante, feito totalmente de forma artesanal.

A decoração do café é, apesar de moderna e informal, uma gracinha! Eu, que sou apegada a detalhes, curti bem. Atrás do balcão, o menu é exposto em lousas entre cervejas artesanais (que, em um futuro próximo, estarão sendo vendidas no happy hour), xicaras de cafés de colecionadores e bebidas diferentes (como nosso guaraná, por exemplo). Há ainda toda uma explicação bem didática sobre café em uma das paredes.

Tazza Café em Lima

Decoração bacana e a movimentação da manhã.

Tazza Café em Lima

Detalhes como os açucares, as paredes e a cadeira em forma de café. 😉

De frente para a porta, o cliente se depara com uma mensagem em que é convidado a participar do processo, dando sugestões ao menu, elogiando ou criticando. Maria está sempre lá, com sorriso solto, cumprimentando, conversando com clientes e até servindo as mesas, para assim se aproximar ao máximo. Sua idéia é criar uma clientela cativa, amiga, onde os clientes são chamados pelo nome e que as atendentes – todas baristas formadas na Le Cordon Bleu – saibam seus gostos. Pergunto a ela como será quando crescer, ela responde que não quer se tornar gigante, poderá até ter outros pontos, se estes lhe permitirem continuar com a idéia intimista que sonhou.

Acho que é por aí…

Tazza Café
Calle Armador Merino Reyna, 461 – San Isidro
(rua do hotel Westin)

Obs.: Estacionar por lá é meio complicado. As opções são um estacionamento na rua lateral (Calle Francisco Masias) ou estacionar em Los Portales da Plaza Andres Avelino Cáceres (subterrâneo), próximo a porta 2 e subir por lá.

Talvez você também goste

Sem Comentários

Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!