/>
6 Em Cup of Feelings

Dois mil e quinze.

euebia

Último dia do mês e nosso primeiro post do ano.

Não sei se vocês sabem, mas o nome Janeiro foi dado para homenagear um deus romano chamado Jano, que é o deus dos inícios e fins. Ele é representado por duas faces, uma olhando o passado e outro o futuro. Teria nome mais propício? Janeiro é assim. O mês do acerto de contas. Aquele mês que a gente pensa em tudo que rolou no ano anterior, tudo que a gente quer manter e mudar e começam os sonhos do ano que acaba de iniciar. <3

Aqui no blog, 2014 foi um ano bem bacana. Mudamos o formato, facilitamos a navegação, abrimos novos assuntos e fizemos com que ele fosse mais visto. Como retorno, tivemos muitos comentários carinhosos, um lindo encontro com leitores e um grande aumento de pessoas curtindo ele. A gente não poderia estar mais feliz! Só temos a agradecer aos amigos que sempre nos dão força pra continuar, aos blogueiros queridos que nos divulgam, ajudam e ensinam e, principalmente, a todos vocês que lêem, opinam, comentam e nos acompanham. <3 <3

Em 2015, o Cup of Things faz 5 anos e teremos um monte de projetos legais entrando no ar ao longo de todo o ano. Não vou falar deles agora para não estragar a surpresa, mas mudanças virão (Uhuuu!). Uma coisa é certa: estaremos mais perto de vocês. Tem tanta coisa que ainda queremos contar…

Para inspirar nosso ano, Amir Klink:

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”

Talvez você também goste

6 Comentário

  • Reply
    Paula Leiro
    19/02/2015 at 19:34

    Manu!

    Boa noite,

    Obrigada pelas dicas!
    Vc sáberia me dizer aonde encontrar os ingredientes da feijoada, couve e quiabo por aquí em Lima?

    Bjs

    Paula

    • Reply
      Manu Tessinari
      23/02/2015 at 18:52

      Oi Paula, tudo bem?

      Eu não cozinho! :-S Mas sei que as carnes, as pessoas costumam comprar no Mercado de Surquillo. Couve soube que há no Mercado Central, no centro de Lima e na Zanahoria, uma loja no início da Av. Libertadores, em San Isidro. Quiabo realmente não faço ideia…

      Abraços e boa sorte!
      Manu

  • Reply
    elianaatihe
    01/02/2015 at 16:05

    Manu, o seu blog é bárbaro. Foi o guia da nossa viagem ao Peru e não precisamos de nenhum outro. Espero que vcs continuem produzindo beleza e tecendo conexões verdadeiras e profundas no interior da alma do mundo. Obrigada de verdade. Beijos (PS: tem um errinho de concordância nesse post, pura distração, vá lá arrumar).

    • Reply
      Manu Tessinari
      02/02/2015 at 17:20

      Eliana,

      Que delicia ler um comentário assim! Obrigada de coração!! A gente fica muito feliz mesmo em ajudar.
      Quanto ao erro, obrigada! Ia dizer uma coisa, mudei de ideia e acabou ficando tudo errado. Já devidamente acertado! Obrigada pelo carinho.

      beijos
      Manu

  • Reply
    Heloisa Righetto
    01/02/2015 at 11:46

    tenham um ano ótimo pela frente!!!!

    • Reply
      Manu Tessinari
      02/02/2015 at 17:18

      Obrigada Helo! Teremos todos!

      bjs

    Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!