/>
0 Em Diversos

O céu tingido de Azul.

Sei que a Azul já entrou no mercado já faz um tempinho, mas eu nunca tinha viajado com ela. Devo confessar que, por mais que eu tenha um pé atrás com a TAM e odeie o serviço de atendimento ao cliente deles, eu sempre tento viajar com ela. Primeiro pelas minhas, que são naturalmente impulsionadas pela ajuda das rotas internacionais; segundo porque ela não tem frescura. Essas coisa de “vc tem um quilo a mais e terá que tirar ou pagar”, “vc tem três bagagens de mão e terá que despachar uma” não existe com ela. Tudo é mais maleável, tudo é feito de forma a você não se irritar mais que a irritabilidade natural que existe em todo o processo de check in.

Bom, mas estou aqui para falar da minha primeira vez na Azul. Muita gente já tinha falado muito bem dela, mas ela não atendia muito bem minhas rotas frequentes dos últimos meses. Não foi o caso agora.  Azul tem, sem dúvida, o melhor vôo de Vitoria para Salvador. É a única, com um avião grande, que voa sem escalas ou conexões, em horários de gente normal. Sim, porque viajar as 3hs da manhã pode até ser uma opção, mas é sempre a última opção.

Só isto já seria motivo suficiente para escolher a Azul, mas tem mais. O site é fácil e o atendimento por telefone é rápido e irritante de tão simpático. Depois destes indícios, comecei a procurar defeitos.

Check in. Também não foi desta fez. O check in pode ser feito na internet ou nas máquinas de atendimento, mas, mesmo que faça no local, a fila anda rápido. Eu já tinha o check in pronto e não devo ter ficado um minuto em frente a atendente (o que me confirma que aquele check in da TAM em Vitória tem algum problema, porque demoram horas só para grudar a etiqueta de bagagem).

Ok, então vai ter alguma coisa estranha no vôo. Não teve, pelo contrário: assentos de couro, com espaço razoável (acho até um pouco maior do que as outras), monitor individual com quatro ou cinco canais de programas interessantes e somente dois assentos por fila, tirando aquele assento insuportável do meio. De ruim mesmo, só o serviço de bordo. Aqui, as barrinhas de cereal, os amendoins e goiabinhas também estavam presentes, mas, até aí, todas estão com este mesmo serviço (tirando aqui claro a Tam que tem pelo menos um sanduichinho). Nada contra as barrinhas e goiabinhas, eu até gosto, mas são muito anti-charmosas! Um horror!!

Não tenho nada também para falar sobre a pontualidade. Chegamos 10 minutos antes do horário marcado.

A Azul ainda tem uma frota pequena, o que nos obriga a eternas conexões e escalas para muitos destinos e, por isto, duvido que intensifique meus vôos com ela, mas fico muito, muito feliz em saber que a Azul me leva pra Salvador. E da forma mais tranquila. Adorei.

Nota de rodapé: esta declaração de amor aconteceu porque sempre fico mais sensível quando volto de Salvador, mas queria deixar claro que não recebi um centavo por esta mega-propaganda que acabo de fazer. rs

O interior do avião da Azul.

Monitores individuais e 5 canais disponíveis.

Talvez você também goste

Sem Comentários

Deixe seu comentário, opinião, dúvida, elogio. A gente vai adorar!